Bento XVI – Luz, Esperança e Fé

 

Bento XVI aterrou hoje em Figo Maduro. Visita o nosso país pela primeira vez, na qualidade de sucessor do Apóstolo S. Pedro, de representante máximo da Igreja Católica.

Trata-se de uma visita ansiosamente aguarda, numa altura em que a Igreja, melhor, alguns clérigos (bispos e padres) têm descido ao mais baixo que, moralmente, se pode descer, acusados social e juridicamente de práticas de pedofilia. Como na sociedade em geral, a Igreja não está imune a este tipo de comportamentos a todos os títulos condenáveis.

 Além disso, internamente, o nosso país atravessa uma inominável crise económica, ela própria fruto da profunda crise social e de valores.

Não falta, pois,  quem se atreva a antecipar o tom dos discursos/homilias agendadas. Porém, espera-se que o Sumo Pontífice, homem culto, habituado a enfrentar os problemas à luz da razão em que a fé também assenta, com equilíbrio e bom senso, lance um olhar de distanciamento crítico, desapaixonado sobre a vida do nosso país, sob diferentes perspectivas, e, a partir daí, nos deixe palavras de esperança e de fé. Palavras que nos possam levar a todos a reflectir sobre quem somos, sobre a nossa identidade, numa perspectiva de presente e de futuro. Precisamos de um rumo, assente nos valores mais elementares.

A ver vamos se, do meio de tanto e dispendioso aparato, emergirá uma luz de referência, que fique nos horizontes de Portugal após o regresso de Bento XVI a Roma. Ficará o espírito de fraternidade e a clarividência de Jesus Cristo, que o Papa representa e simboliza?

Não há dúvida, dizem as estatísticas, de que somos um povo católico. Mas, talvez, incoerentemente católico, com práticas pouco católicas, se o Amor ao Próximo é, de facto a regra. Para se ser, não basta parecer. É preciso ser mesmo…

É que, como pregava o nosso querido Pe. António Vieira, se a terra não se deixar salgar, o sal não salga. Ou então, que adianta lançar boa semente à terra se os pássaros a comem, cai entre ervas daninhas ou em cima de dura rocha?

Nos dias seguintes à visita do Papa, muitos dos nossos políticos , e outras espécies que por aí gravitam, precisavam de sair todos em retiro espiritual para, lavada a alma (se ainda a têm), regressarem mais altruístas e humildes.

Haja Fé!

José Manuel Couto

0 Responses to “Bento XVI – Luz, Esperança e Fé”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Calendário

Maio 2010
S M T W T F S
« Abr   Jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 32,330 visitas

%d bloggers like this: