Viva o 25 de Abril de 1974

Pela pertinência e oportunidade, não podia deixar de publicar um artigo publicado no blog do grijoense “Oliveira” (http://hgrij.wordpress.com/), a propósito da histórica data que comemorámos ontem. Pena que, de facto, para alguns não passe, apenas, de uma data, cujas consequências políticas e sociais tendem a ser esbatidas progressivamente.  

“O que tivemos antes que se reflectiu na nossa terra, Grijó. Órfãos, viúvas, mães estarrecidas pelas mortes de seus filhos e gerações destroçadas pela morte de pessoas queridas e alguns desaparecidos talvez pela perseguição politica que aqui tinha também as suas raízes com rostos ainda vivos e conhecidos de todos nós. Ainda hoje percorrendo o cemitério de Grijó se pode encontrar testemunhos destas palavras.

O que temos no presente, uma sociedade aparentemente aberta com livre circulação, uma economia de mercado substancializada com a nossa entrada na CEE e posteriormente no EURO um sistema democrático de eleições para as autarquias locais e municipais e também a responsabilidade de pela mesma via eleger os elementos do Parlamento Nacional e para a Presidência da Republica de onde surgem os nossos governantes, que com as regras consagradas na constituição inicial e sucessivas revisões nos impõem, volto a frisar nos impõem democraticamente, não sei com explicar melhor a expressão! A democracia em que vivemos.

Pois a democracia em que vivemos assenta num estado de direito onde todas as pessoas sem excepção, salvaguardando alguns cargos públicos que podem ser renunciados a qualquer momento, estão submissas a um sistema jurídico que culmina em último caso com em julgamento público por actos ilícitos que estão devidamente consagradas na legislação em vigor.

Em Grijó todo isto não passa neste momento de meras formalidades impostas pelas leis nacionais, porque nós somos governados por pessoas xenófobas, prevaricadores na lei nomeadamente no que concerne á contabilidade da autarquia, vigilantes activos da nossa vida privada, onde existe descriminação entre apoiantes dos governantes e os outros, onde os órgãos supremos da freguesia que são sujeitos a vistorias da correspondência que a eles lhes diz respeito, são-lhes exigidas determinadas condutas e somos sancionados severamente se com isto não corroboramos.

Oliveira (25-04-2010)”

1 Response to “Viva o 25 de Abril de 1974”


  1. 1 ponAerore 20/05/2010 às 22:55

    Just want to say what a great blog you got here!
    I’ve been around for quite a lot of time, but finally decided to show my appreciation of your work!

    Thumbs up, and keep it going!

    Cheers
    Christian, iwspo.net


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Calendário

Abril 2010
S M T W T F S
« Mar   Maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 32,325 visitas

%d bloggers like this: