Maldito “ópio”…

josé mota - imagem adaptada a partir de http://www.cm-arouca.pt/portal/images/stories/noticias/adrianobrandao6.jpgJosé Mota, o ainda Presidente da Câmara de Espinho veio hoje acusar o seu mais directo concorrente, nas eleições do passado dia 11 de Outubro, de fraude eleitoral, eufemisticamente tratada como “irregularidades” e “ilegalidades”. Segundo José Mota, que tive oportunidade de escutar, de viva voz,  em notícia radiofónica, Pinto Moreira terá conquistado o lugar de forma irregular, através da pseudo compra de votos.

O processo consistiria em votar, fotografar – o telemóvel tem mais funções que as de chamada e atendimento de voz… – e provar que se votou em A ou B, recebendo, como prémio, alguns euros.

Pelos vistos, em Espinho, acusa José Mota, a fraude foi mais longe, sendo que em algumas urnas, transportadas por presidentes de mesas, apareceram mais umas largas dezenas de votos do que os realmente escrutinados nas Assembleias de voto.

Não sei se as acusações têm, ou não, fundamento. O competente Tribunal Constitucional que apure a verdade dos factos, com isenção e imparcialidade, doa a quem doer, caia quem cair. Mas… percebo a indignação do candidato do PS. Infelizmente, a democracia arrasta consigo comportamentos desviantes, de pessoas que usam estratagemas impensáveis e abuzam da boa fé dos restantes como se de “burros” (expressão realmente uutilizada por alguém com responsabilidades políticas na freguesia de Grijó) se tratasse, tudo lhes sendo possível para conquistar ou reconquistar um lugar de poder. Há por aí muita gente sem escrúpulos, para quem o que conta são os resultados finais, não o processo.

Não se trata de perder “paenas” por 179. Trata-se de uma questão de dignidade e de reposição da verdade dos factos, a fim de que se apure o legítimo vencedor: um ou outro.

Para uma pessoa séria, honesta… merecedora de uma candidatura o resultado de um acto eleitoral é muito importante, porque lhe poderá permitir combater vícios, hábitos e costumes instalados, às vezes altamente nocivos para a comunidade. Nas últimas eleições, consta-se, o telemóvel passou a ser moda, não apenas para um apelo directo ao voto, no próprio dia, graças a uma lacuna legal, mas para provar que, de facto, se é merecedor de um prémio monetário, um prometido lugar aqui ou ali, etc. Uma vergonha!!! Trata-se de uma real batalha a travar, face à corrupção, ao oportunismo e ao “bandalhismo”. Mas… o processo também conta. É na preparação de um acto eleitoral, no período de campanha, no próprio dia das eleições e no pós-eleições que prova a nobreza de carácter das pessoas.

E algumas não têm mesmo carácter. Vale tudo!

Estou certo de que não foi só em Espinho que isto aconteceu, a ser verdade. Os vermes do oportunismo circularam um pouco por todo o lado, indicando à porta das urnas onde votar, aliciando, ameaçando, controlando indivíduos e famílias inteiras para, no fim, se cantar vitória. Ver, muita gente viu. Condenar, muitos condenam. Provar a verdade dos factos é, porém, tarefa penosa e inglória, porque a dita “ratice” actua mesmo com iníqua ratice.

Uma vitória, quando conseguida deste modo, vazia, que, Deus queira, leve os seus conquistadores e respectivos correligionários direitinhos para o Inferno. O problema é que não vão para o inferno. Infernizam é a vida dos outros!!!

Trata-se de uma questão de difícil resolução, mas urge que o sistema eleitoral, melhor, a legislação eleitoral fiscalize, de verdade, e penalize severamente os detractores. Há por aí vitória e “vencedores” que não merecem dirigir quem quer que sejam. Nem os seus passos sabem orientar, a não ser para o tesouro da corte, o que existe e o que hipotecam.

Maldita raça! Quem a expurga? O Povo? Mas, senhores, se o povo, às vezes, também se deixa levar pelo canto da sereia!?… e apanhar na emaranhada, complexa, tortuosa e encadeada rede de interesses, de mesquinhos e pessoais interesses…

Maldito “ópio”…

Para uma informação mais aturada, leia-se o JN On-line de hoje: http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Aveiro&Concelho=Espinho&Option=Interior&content_id=1395978

José Manuel Couto

0 Responses to “Maldito “ópio”…”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Calendário

Outubro 2009
S M T W T F S
« Set   Nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 32,330 visitas

%d bloggers like this: