ROSTOS E MÁSCARAS

Nos últimos dias, assistimos a uma verdadeira maratona de entrevistas televisivas aos principais candidatos às eleições legislativas, agendadas para o próximo dia 27 de Setembro. Numa democracia, onde não há filhos e enteados, esperava-se tratamento igualitário a todas as forças partidárias ou independentes. Entre forças partidárias pouco representativas e movimentos independentes de cidadãos também há ideias a apresentar e pontos de vista a escamotear, mesmo sabendo-se que estes não terão qualquer possibilidade de se fazer representar na Assembleia da República.teatro

E em Vila Nova de Gaia, o 3º maior Município do País? Como Gaiense, democrata e cidadão livre, estou certo de que, independentemente da relevância das eleições legislativas, seria de todo o interesse ouvir todos os candidatos à Câmara, em contexto de debate sério, rigoroso, esclarecedor, sem demagogia. Face à dispersão e ao ambiente de entropia político-partidária que se vive, hoje, em período pré-eleitoral, interrogo-me frequentemente: de que fogem alguns candidatos? Por que se escondem? De que têm medo? Por que rejeitam sucessivos desafios para um debate público?

Na minha perspectiva, é fundamental que cada candidato se aproxime individualmente dos eleitores. Está no seu direito e isso pode trazer-lhe mais-valias significativas, na medida em que se trata de uma possibilidade de chegar a muitos potenciais eleitores e com eles esgrimir, olhos-nos-olhos, ideias, perspectivas e projectos; sobretudo de lhes sentir, de perto, a respiração. Trata-se, aliás, de uma possibilidade em que a relação interpessoal é privilegiada, ao contrário do que sucede tantas vezes depois de se ser eleito, em que, em muitos casos, os eleitos se esquecem das populações e se refugiam nos labirínticos corredores de uma Câmara. É mais cómodo… e seguro. Não fosse o mediatismo de alguns, raramente os veríamos, como legítimos representantes do povo, entre aqueles que deveriam ser, de facto, a sua preocupação primeira. “Televisão” significa, etimologicamente, ver ao longe. Nalguns casos é mesmo disso que se trata: ver o Presidente da Câmara sempre ao longe. E quando aparece fá-lo rodeado de uma aura imperatriz, de tal modo que poucos se sentem à vontade para abrir a alma e estabelecer um verdadeiro clima de diálogo.

Embora todos tenhamos as nossas preferências políticas e humanas, para mim, em Gaia, o que conta realmente são as pessoas, neste caso, cada um dos candidatos, e a sua capacidade e disponibilidade para orientar superiormente os nossos destinos, nos mais variados sectores: educação, habitação, serviços, assistência social, obras públicas, emprego, ambiente, etc., etc.

Como gaiense e cidadão que se preocupa com o bem-estar e a qualidade de vida de todos, tenho assistido a pequenas guerras pessoais, por parte de alguns dos mais altos responsáveis da política local. Muito nervosismo e distanciamento, apenas justificável pelo medo da perda de privilégios e mordomias que nos saem bem caras a todos. Gaia não pode viver de efeitos mediáticos. Gaia precisa de alguém que leve as preocupações dos Gaienses a sério e as encare como uma bússola que norteie as suas decisões, numa espécie de missão de verdadeiro altruísmo, não em proveito próprio, mas da qualidade de vida de todos.

Porque hoje não faltam meios, reitero, gostaria de ver todos os candidatos à Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia em debate(s). Talvez aí pudéssemos perceber claramente quem conhece e quem gosta em profundidade das pessoas nosso Concelho. Quando há convicção, não há medo. Um debate pré-eleitoral pode ser o primeiro bom serviço prestado pelos diferentes candidatos a Gaia e aos Gaienses. Merecemo-lo. Não faltam, entre nós espaços físicos para tal evento.

Ah! E até podem convocar as televisões, porque, aí, sim, talvez interesse mesmo a divulgação mais globalizada do que se vier a passar, para bem de todos. Ou melhor, de quase todos.

 

José Manuel Couto

0 Responses to “ROSTOS E MÁSCARAS”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Calendário

Setembro 2009
S M T W T F S
« Ago   Out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 32,325 visitas

%d bloggers like this: