Centro Social Paroquial de Grijó

Fundado em 30 de Março de 1998, o Centro Social da Paróquia do Santíssimo Salvador de Grijó tem-se afirmado como uma referência incontornável na prestação de cuidados e serviços aos idosos, aos doentes e aos mais carenciados da freguesia de Grijó e de freguesias circunvizinhas.

O 11º aniversário do Centro foi comemorado no passado Domingo, Utentes em convíviodia 29 de Março. O dia começou bem cedo com a celebração de uma Missa Solene, no secular Mosteiro de Grijó, em que participaram não apenas os utentes do centro, como doentes, idosos, crianças e demais população. Finda a celebração, utentes, convidados de honra e algumas dezenas de grijoenses juntaram-se, nas instalações do próprio centro, para um almoço de confraternização, carinhosamente preparado pelas funcionárias da instituição, a que se juntou um grupo de voluntárias, sempre presentes nas múltiplas iniciativas do Centro Social. Cerca das 15 horas, já no auditório paroquial, todos foram Foto - FerreiraFotógrafopresenteados com um excepcional espectáculo, dinamizado pelo Grupo Recreativo e Cultural Mocidade Corveirense, pela Ronda de S. Salvador de Grijó e pelos próprios utentes.

Da fecunda actividade do Centro dependem muitas famílias que vêem prestados aos seus doentes e idosos serviços tão relevantes como a distribuição de refeições, cuidados de higiene pessoal e habitacional, tratamento de roupas, apoio psico-social e animação sócio-cultural. Um trabalho envolto num espírito de grande alegria, delicadeza, esmero, solidariedade e amor.

Vinte e sete funcionárias residentes, a que acrescem mais de duas dezenas de voluntárias/os garantem, deste modo, um apoio impagável a trinta e cinco utentes que, diariamente, são transportados desde suas casas para as magníficas instalações do Centro de Dia, bem como a quarenta e cinco outros doentes e idosos, em regime de apoio domiciliário.

O Centro Social Paroquial de Grijó integra, ainda, duas equipas de cinco membros cada, que desempenham um importante papel, ao nível da inserção social de beneficiários do Rendimento Social de Inserção, nas Freguesias de Grijó e S. Félix da Marinha.

Segundo o Presidente da Direcção da Instituição, o dinâmico e Padre António Coelho entre utentescriativo Revº Pe. António Coelho de Oliveira, Pároco da Freguesia de Grijó, o trabalho desenvolvido deve-se ao apoio generoso e incondicional de muitas e muitos grijoenses, bem como da Segurança Social do Porto, através do financiamento, no quadro dos acordos de cooperação celebrados entre ambas as partes. Falta, contudo, cumprir um sonho e uma necessidade: a construção de um Lar que, de acordo com o projecto já concluído, poderá albergar cerca de quarenta utentes. Está já em curso a candidatura ao Programa Operacional do Potencial Humano (POPH-QREN), que se espera venha a ser aprovado, em prol do progressivo desenvolvimento social e humano da freguesia.

Convidada a apreciar sinteticamente o labor do Centro Social Paroquial de Grijó, a Drª Ana Cristina Venâncio, responsável pela Área da Cooperação da Segurança Social, no Concelho de Vila Nova de Gaia, e presença habitual nas diversas iniciativas da instituição, evidenciou a “excelente inserção do Centro Social na comunidade

Drª Ana Cristina Venâncio no uso da palavra

Drª Ana Cristina Venâncio no uso da palavra

local, na Freguesia de Grijó”. Segundo a nossa interlocutora, “este aspecto manifesta-se na enorme adesão da população local às iniciativas da instituição, que nasceu, efectivamente, integrada e dirigida para os problemas sociais da comunidade”. A responsável da Segurança Social destacou, ainda, a “elevada qualidade técnica das respostas sociais, na área do Centro de Dia, do apoio domiciliário e a grupos sociais mais desfavorecidos”.

Depois de elogiar grandemente o trabalho das funcionárias e das voluntárias do Centro Social da Paróquia, em todas as actividades e no dia-a-dia da instituição, Ana Cristina Venâncio sublinhou, igualmente, a qualidade da Direcção do Centro, que “apresenta um plano de acção, traça objectivos a cumprir, de entre os quais se destaca, no presente, a construção do Lar de Idosos”.

Como grijoense e familiar de um dos utentes do Centro, podemos testemunhar a excelência do trabalho desenvolvido. Podemos testemunhar, sobretudo, o calor humano, o elevado sentido de humor e a simpatia de uma equipa jovial, dinâmica, esmerada, afável e solidária, que tem convertido a instituição em lugar altamente aprazível, diria que numa autêntica família.

 

José Manuel Couto

Publicado no Jornal Audiência de 2 de Abril 2009

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Calendário

Abril 2009
S M T W T F S
« Mar   Maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 32,325 visitas

%d bloggers like this: