Complexo Desportivo de Grijó

adgrijo1

Em Janeiro de 2002, o Jornal de Grijó anunciava a concretização de “um sonho de largas dezenas de anos”: a aquisição dos terrenos de construção do complexo desportivo, em cerimónia “histórica”, na sede da edilidade gaiense. O dirigente máximo da Associação Desportiva de Grijó garantia, então, que nada nem ninguém iria travar esta construção e que o projecto estava concluído.

Aos mais cépticos, Manuel Gomes deixava uma palavra de confiança: “numa autarquia com um orçamento de dezenas de milhares de contos, é ridículo dizer-se que não haverá dinheiro para uma obra desejada pelos Grijoenses há largas de dezenas de anos”, acrescentando que ficaria muito satisfeito se, durante o segundo semestre do ano 2002, as obras de construção do novo estádio arrancassem.

A verdade é que, decorridos tantos anos, a novela complexo desportivo de grijó continua a escrever-se, sem fim à vista. Sabemos das incansáveis batalhas de Manuel Gomes e da sua equipa pela concretização deste sonho. Deste sonho, não! Desta premente necessidade. Há largos anos que o Grijó joga fora de casa, sempre com espírito vencedor, honrando e prestigiando as suas gentes [no momento em que edito este texto, o Grijó chega ao 1º lugar da liga de honra do campeonato distrital do Porto]. Numa freguesia com a grandeza de Grijó, este tipo de empreendimento será factor de grande desenvolvimento, não apenas desportivo, mas civilizacional, dada a História do clube e da própria freguesia.

Mas o repetidamente prometido estádio, esse, continua à espera.

Há pouco mais de um mês, surgiu uma nova esperança: para surpresa de muitos, o sr. presidente da Junta apregoou a tudo e a todos que no dia 17 do corrente mês de Novembro, pelas 11 horas, o Sr. Presidente da Câmara viria a Grijó dar início aos trabalhos, naquilo que seria “um marco na história do clube, mas principalmente na freguesia”. Porque se deve fazer fé na palavra de um presidente de junta, dadas as suas responsabilidades, houve quem marcasse presença no “campo dos arcos”, à hora marcada. Para desencanto de muitos, os mais cépticos e os menos cépticos, tal não aconteceu. O que se passou? Não há explicações a dar? Andará o Sr. Presidente da junta mal informado? Quem não sabe, ou informa-se ou fica calado. Não creio que o nosso ilustre presidente da Câmara deixe a sua agenda por mãos alheias.

Os sócios, adeptos e simpatizantes do Grijó estão fartos de mentiras. Sabemos que a obra em causa é complexa e onerosa. A conjuntura actual não favorece este tipo de empreitadas. Mas, pelo menos, diga-se a verdade, olhos-nos-olhos. O povo entende-a.

Apesar de tudo, aguardamos ansiosamente a concretização deste projecto que, estamos certos, acontecerá mais tarde ou mais cedo. Em ano de eleições tudo é possível.

Publicado no Jornal Audiência – 18/11/2008

0 Responses to “Complexo Desportivo de Grijó”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Calendário

Novembro 2008
S M T W T F S
« Out   Dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 32,325 visitas

%d bloggers like this: