Desespero

Há muito que se vem falando de divisões e pressões internas na Câmara de Gaia. Há pessoas que têm o dom de dividir para reinar. Contudo, dentro do próprio PSD há muitas vozes ajuizadas, de peso, que começam a levantar-se e a dizer o que pensam, doa a quem doer. Saberão do que e de quem falam, melhor que qualquer outra pessoa.

Basta ver o que tem dito António Capucho acerca do actual líder do PSD e, diz-se, ainda Presidente da Câmara de Gaia, onde começa a enfrentar vozes dissonantes, que começam, agora a cordar, desesperadas…

É sempre assim, quando o que interessa é o poder pelo poder, dê para onde der. Estes senhores não sabem fazer mais nada na vida? Alguns deles nunca trabalharam a sério, para saberem o que é ter que lutar para auferir um vencimento ao fim do mês, sem quaisquer mordomias. E ter que pagar telefone, automóvel, consertos nas oficinas, combustível…

Também foram predestinados por Deus, como Salazar, para governar os outros com as suas “ideias”???

Por isso resistem à limitação de número de mandatos. Veja-se o que se passa no reino das bananas, na Madeira. A escola é sempre a mesma.

Estes senhores deviam viver uns meses com um mísero salário de uma pessoa comum (e inerentes despesas) e veriam que não lhes sobrava tempo nem disposição para fantasiar à custa do dinheiro e do sacrifício dos outros, neste caso dos gaienses.

Em Gaia, queremos gente que não sonhe ou tenha sonhado com o poder. Esses cairão nas mãos de quem lá os pôs. Queremos, isso sim, gente de residente em Gaia, que sinta a cidade como sua, que se identifique com a sua cultura própria, e, no exercício de uma cidadania plena e responsável, tudo faça pela promoção deste que é o 3º maior Concelho do país.

O Dr. Menezes fez obra, é certo. Mas endividou por muitas décadas os gaienses. Não custa nada fazer obras em casa dos outros, contraindo dívidas em seu nome. Por favor, senhores, entendam-se, aluguem um autocarro e vão de vez percorrer o país à procura de pouso melhor. Por que não nas Berlengas? Mas vão devagarinho, para demorarem muito tempo.

Já chega de ditadura, falsas promessas e repressão.
Ainda não reparam que o povo tem mais que fazer? Que tem de trabalhar, a sério? É que nem todos podem fazer da vida um “corredor do poder”.
JMC

0 Responses to “Desespero”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Calendário

Abril 2008
S M T W T F S
« Mar   Maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 32,325 visitas

%d bloggers like this: